Luis Câmara Vicelli Fisioterapia, Acupuntura e Avaliação Postural Curitiba Batel
CÂMARA VICELLI - FISIOTERAPIA E ACUPUNTURA CURITIBA
  • 55+ (41) 3528-9009
Top

COMO FUNCIONA A OZONIOTERAPIA?


Atualmente, existem várias formas de aplicação, entre elas:


  • ingestão de água ionizada;
  • pelo sangue;
  • No tecido (pele);
  • intramuscular  - que possibilita  tratar lesões degenerativas das articulações, por exemplo.

Água ionizada


Terapias com a utilização de água ionizada são reconhecidas e já foram amplamente estudadas. Entre os estudos temos a tese de doutorado de Andréia Aparecida Traina, apresentada à Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP), em 2008, “Efeitos Biológicos do ozônio diluído em água da reparação de tecidual de feridas dérmicas em ratos”, onde a pesquisadora conclui.


Luis Câmara Vicelli Fisioterapia, Acupuntura e Avaliação Postural / Funcional em Curitiba

Ozonioterapia

Entendendo o Ozônio e a Ozonioterapia



Ozônio como aliado para a saúde

Pouca pessoas sabem que o ozônio - presente na atmosfera e que filtra os raios solares ultravioleta prejudiciais às nossa saúde - é capaz de apresentar excelentes resultados no tratamento de mais de 200 doenças, especialmente, quando integrado aos tratamentos da medicina tradicional. É por isso que, desde 2018, a Ozonioterapia faz parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), aqui no Brasil.

Já se sabe que o ozônio é capaz de inativar a ação de vírus, fungos e bactérias que não possuem proteção para a ação oxidativa;  ele também melhora a vascularização de áreas onde o oxigênio tem dificuldades em chegar, por isso é muito indicado para pacientes diabéticos; tem excelentes resultados na degeneração macular - evitando a cegueira; combate artrites, artroses, hérnias de disco, dores em tendões, dores articulares e musculares; é eficaz contra as síndromes respiratórias agudas e até contra os desagradáveis sintomas provocados pelas altas taxas de ácido úrico, problemas hepáticos, entre outras indicações.

Ozonioterapia é reconhecida há muito tempo em países como a Alemanha, a Rússia, Espanha, Portugal, Cuba e China, com diferentes aplicações no âmbito da saúde e é conhecido como Ozonioterapia.

“O ozônio medicinal é obtido a partir do oxigênio puro medicinal, para evitar a presença de subprodutos tóxicos de outros gases. A conversão é feita por geradores de ozônio, no momento próximo do uso, devido à labilidade do gás. A maioria dos geradores ainda é baseada no sistema corona, idealizado por Werner Siemens, prussiano, patriarca e fundador do conglomerado industrial que leva seu nome até os dias de hoje.”

Luis Câmara Vicelli Fisioterapia, Acupuntura e Avaliação Postural / Funcional em Curitiba

Intravenosa (pelo sangue)


Consistem em retirar uma pequena quantidade de sangue do paciente, misturar ao ozônio, e devolver ao corpo do paciente.  Muito usada  para combater herpes, doenças cardíacas e AIDS.

Tecido

No tecido pode-se aplicar a água ou o óleo ionizado, por exemplo. O tratamento de feridas, com excelentes resultados de cicatrização é usado desde a Primeira Guerra Mundial. Atualmente, a ozonioterapia é usada, inclusive, com fins estéticos, por profissionais da área.

Intramuscular


A aplicação intramuscular  permite que o gás de ozônio entre em contato diretamente com a área em que o paciente relata dor. Deste modo os resultados são muito eficientes e rápidos. Sendo possível que, em alguns casos, os efeitos sejam percebidos sentidos logo após a primeira aplicação. Isso acontece porque o ozônio é capaz de liberar radicais livres, provocando um efeito anestésico e regenerativo.

“A ozonioterapia se mostrou eficaz no tratamento da lombalgia com ou sem ciatalgia, sendo associada a poucos eventos adversos”.

O que a Ozonioterapia ajuda a tratar?


“O ozônio é aproximadamente 10 vezes mais solúvel que o oxigênio, o mesmo ocorrendo com sua capacidade de difusão e penetração tecidual. Quando entra em contato com um tecido biologicamente ativo o ozônio reage imediatamente com numerosas biomoléculas que juntas formam verdadeiros sistemas de tamponamento antioxidante. A grande maioria destas biomoléculas exerce papéis, anti-inflamatório e analgésico, importantes, de modo simultâneo, às ações antioxidantes”.

Luis Câmara Vicelli Fisioterapia, Acupuntura e Avaliação Postural / Funcional em Curitiba

Diabetes


A terapia com ozônio também se mostra promissora na redução do risco de complicações decorrentes do diabetes, geralmente por estresse oxidativo no corpo.

A Revista Médica de Minas Gerais apresentou em sua 20ª edição traz o relato de caso “Ozonioterapia como tratamento adjuvante na ferida de pé diabético”. O artigo apresentou fotos da progressão do tratamento de 14 semanas com banhos de água ionizada e óleo de girassol ionizado:

Doenças imunológicas


A terapia com ozônio pode trazer benefícios para pessoas com distúrbios imunológicos, pois ajuda  a estimular o sistema imunológico.

Um estudo de 2018 descobriu que o ozônio misturado com sangue e injetado em pessoas com HIV reduziu significativamente sua carga viral em um período de 2 anos.

Uma carga viral mais baixa significa que menos vírus está presente, o que pode melhorar a saúde a longo prazo.

O estudo observou que mais pesquisas são necessárias sobre o uso da terapia com ozônio para o tratamento do HIV.

Onde encontrar tratamentos com Ozonioterapia?


No Brasil, você deve buscar um profissional de saúde treinado e certificado pela ABOZ - Associação Brasileira de Ozonioterapia - e discutir com ele qual a técnica de aplicação mais adequada para o seu caso. Este tratamento deve sempre ser informado ao médico que o acompanha.

Qual é a eficácia da Ozonioterapia?


A pesquisa para a terapia com ozônio mostra resultados mistos, embora muitos resultados sejam promissores. Vários ensaios clínicos de terapia com ozônio estão em andamento para condições que vão desde doenças cardíacas até artrite.

Uma pesquisa da Trust Source de 2018 indicou que a terapia com ozônio pode ajudar com a osteoartrite do joelho, melhorando a amplitude de movimento e retardando o declínio.

Pessoas com artrite reumatóide ou dor nas costas por hérnia de disco também podem se beneficiar da terapia com ozônio, de acordo com a pesquisa. No entanto, ainda não há estudos suficientes sobre essas condições.

O ozônio também foi usado e estudado em muitos aspectos da odontologia.

Pesquisas de 2019 indicaram que a água ozonizada pode ser eficaz como desinfetante durante os canais radiculares. Também pode ajudar a dessensibilizar a dentina exposta, entre outros usos.

TELEFONE
55+ (41) 3528-9009
ENDEREÇO
Rua Emiliano Perneta, 822 - SL 1209
EMAIL
contato@camaravicelli.com.br